Janaina: alfinetadas de Mendes a Emanuel são “desnecessárias”

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) avaliou como desnecessárias as alfinetadas desferidas pelo governador Mauro Mendes (DEM) contra o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) durante a inauguração da sexta e última etapa do Hospital Municipal de Cuiabá, na segunda-feira (18).

Mendes, durante discurso de aproximadamente 20 minutos, chegou a entregar uma planilha a Emanuel Pinheiro (MDB) para provar que não deixou a obra do hospital abandonada, como o prefeito teria acusado em outras ocasiões. Segundo o governador, Emanuel disse “inverdades”.

Mendes ainda usou o evento do adversário político para anunciar a retomada de duas obras importantes para a Saúde no Estado no Estado de Mato Grosso: o Hospital Central, cujo canteiro de obras passou mais de 30 anos paralisado, e a construção do novo Hospital Universitário Júlio Muller (HUJM).

“Acho desnecessário que, no dia de hoje, a gente discuta qualquer divergência política. Todo mundo está aqui para comemorar e assim deveria ser feito. Não é o momento para ter qualquer tipo de discussão política”, afirmou Janaina Riva.

Acho desnecessário que, no dia de hoje, a gente discuta qualquer divergência política. Todo mundo está aqui para comemorar e assim deveria ser feito. Não é o momento para ter qualquer tipo de discussão política

“Isso tem hora e local e não é aqui no Hospital Municipal de Cuiabá. Principalmente com tanta gente para comemorar”.

Emanuel e Mauro tem trocado farpas públicas desde o início do ano. Recentemente, o governador chegou a falar que não iria a inauguração do hospital. “Eu não gosto muito de inauguração. O importante é o cidadão receber o benefício”, disse.

 

Base governista

 

A cúpula do MDB, partido do prefeito, vem articulando para apaziguar os ânimos entre os gestores. Ambos chegaram a ser aliados políticos em 2012, quando Emanuel atuou como coordenador de campanha de Mendes.

Questionada sobre a articulação feita dentro do partido, Janaina – que hoje atua como base governista de Mendes – sugeriu que Emanuel releve a alfinetadas e Mendes.

“Emedebista é igual brasileiro: não desiste nunca. A gente vai até o final trabalhando nessa relação. A vinda hoje do governador, para a gente, foi muito importante. Então, eu acho que a gente continua a fazer esse trabalho”.

“Mas vai depender muito de como o Emanuel vai se comportar em relação a isso. Se fosse comigo, eu superaria e faria uma comemoração do que está sendo feito e não entraria no mérito dessa discussão, que é política”, completou Janaina.

 

 

 

 

Fonte: Midia News Foto: Victor Ostetti

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *