Morador acusa Energisa de retirar medidor sem aviso prévio

Um morador do bairro Doutor Fábio, em Várzea Grande, está revoltado com a concessionária de energia no estado de Mato Grosso, a Energisa. Na reportagem ele alega que a empresa retirou seu medidor de energia sem aviso prévio e ainda exigiu que comprasse outro.

Em nota, a empresa explicou que o medidor da cliente mostrada na reportagem foi retirado para evitar que ocorresse uma auto religação (ato do cliente ligar a energia sozinho após o corte), como já havia acontecido anteriormente.

Confira a nota da Energisa na íntegra:

A Energisa explica que o medidor da cliente mostrada na reportagem foi retirado para evitar que ocorresse uma auto religação (ato do cliente ligar a energia sozinho após o corte), como já havia acontecido anteriormente. A auto religação configura ligação irregular de energia elétrica.  Sobre uma possível cobrança na instalação do Padrão de Entrada, a Energisa lembra que quando a troca é feita pela empresa – substituição que tem acontecido no caso específico da troca de CP Rede em Cuiabá e Várzea Grande – não há cobrança para o cliente. Já nos casos em que o cliente pede uma nova ligação ou que ele quer aumentar a carga, a normativa em uso em Mato Grosso estabelece que o cliente adquira a caixa, mas não com a empresa, e sim, nas lojas de materiais de construção. No caso da cliente, a Energisa está apurando porque a padrão de entrada não foi trocado conforme a normativa. Mas a empresa informa que a cliente já está ligada e com o padrão instalado, sem qualquer custo para ela.

Confira a reportagem completa, no vídeo abaixo:

 

 

 

Fonte/Foto: LTV – Leiagora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *