Abílio quer cassação de vereador por ter o chamado de “perebento” e “endemoniado”

O vereador Abílio Brunini (PSC), nesta quinta-feira (7), protocolou um pedido de abertura da Comissão Processante junto a Mesa Diretora que pode levar à cassação do mandato e de seu colega e Presidente da Comissão de Ética Toninho de Souza (PSD), por quebra de decoro parlamentar.

Segundo Abílio, durante a fala no plenário, o parlamentar o chamou de perebento por conta da sua psoríase e também de endemoniado. “O Toninho atacou a minha honra. Ele disse que não posso fiscalizar as Unidades de Saúde porque sou perebento. E em outro momento ele me chamou de endemoniado, dizendo que eu teria demônios no corpo”, declarou.

Tonhinho assumiu ter chamado seu colega com esses nomes, porém não se arrepende. “Esse caso já havia se encerrado. Para mim essa apresentação é uma estratégia de defesa Abílio para impedir que eu conduza o processo de cassação contra ele”.

A Comissão de Ética da Câmara Municipal de Cuiabá abriu um processo disciplinar de cassação de mandato do vereador Abílio por quebra de decoro parlamentar. O presidente da Comissão Toninho de Souza oficializou o procedimento por meio de uma resolução publicada no Diário Oficial de Contas publicada na última sexta-feira (18). O vereador Marcrean Santos (PRTB) é o relator do processo.

Caso seja aceito o processo de Abílio, Toninho poderá ser afastado da presidência da Comissão de Ética.

 

 

 

Fonte: Leia Agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *