PM e Guarda Municipal dobram policiamento para Flamengo x Grêmio

O jogo Flamengo x Grêmio mobilizará um esquema de segurança equivalente a praticamente o dobro do normalmente usado em partidas de risco máximo. Serão cerca de 1.100 agentes de segurança — 800 policiais militares e 300 guardas municipais. A informação é da Polícia Militar fluminense e da Guarda Municipal carioca, responsáveis pelo policiamento. O confronto decidirá, na noite da quarta-feira (23/10/2019), no Maracanã, qual será o clube brasileiro classificação à decisão da Copa Libertadores.

Autoridades responsáveis pela segurança, que se reuniram nesta segunda-feira (21/10/2019), classificaram a partida como de “bandeira vermelha”. Trata-se de classificação de risco máximo. Há possibilidade de invasões do estádio como de confronto entre torcedores. O último jogo no estádio classificado dessa forma foi entre Flamengo e Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, em 1º de setembro. Na ocasião foram mobilizados 450 PMs.

“Calculamos em torno de 800 policiais militares, (esquema) muito maior do que a gente aplica em jogos anteriores da Libertadores. (Haverá) Diversos pontos de bloqueio (dos torcedores). Nosso objetivo principal é colocar policiamento no solo para dar orientação aos torcedores, (para que) somente torcedor com ingresso (entre) na área do perímetro”, afirmou o comandante do Batalhão Especial de Policiamento em Estádios (Bepe), coronel Silvio Luiz.

A Guarda Municipal também vai ampliar o número de agentes. “Costumamos usar 195 guardas municipais e vamos aumentar para 300. Nossa área de ação será a mesma que costumamos cobrir, mas vamos aumentar e ampliar em locais e horários”, afirmou Carlos Dias Cristo, inspetor da Guarda Municipal e subdiretor de ordenamento da cidade.

A carga total de ingressos para a partida é de 68.015, incluindo gratuidades e cortesias. Cerca de 4 mil são reservados à torcida do Grêmio. Mas ao todo aproximadamente 6 mil torcedores vão viajar para o Rio, segundo representantes de torcidas do clube gaúcho. Quem ainda não conseguiu ingresso vai tentar comprar de cambistas.

O número de ruas interditadas também vai aumentar. Serão nove, pelo menos três a mais do que a média. As interdições vão começar às 18h. Assim, só quem tiver ingresso vai conseguir se aproximar do estádio.

 

 

Fonte: Metrópoles Foto: ALEXANDRE VIDAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *