OPINIÃO DO DIA: Exemplo de político municipalista

“É de Wellington Fagundes esse quinhão que vai tocar para Mato Grosso e seus municípios que não param de crescer dentro da visão municipalista”

João Pedro Marques | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Há mais de quarenta anos acompanhando de perto o desenrolar dos fatos políticos em Mato Grosso e em Brasília, pude perceber que a cada dia fica mais curta a distância entre os problemas e as soluções, sejam elas políticas ou não. Na linha entre os dois polos estão o municipalismo e a regionalização. É evidente a autonomia que os municípios conquistaram, mas, por outro lado, essa ideologia exigiu também uma forte atuação parlamentar no Congresso e no Palácio do Planalto.

Quero destacar aqui a atuação do senador Welington Fagundes (PR-MT), que tão bem enxergou as cidades como sendo o mundo real, enquanto que a União atua como instituição abstrata com a prestação de serviços governamentais. Trata-se de um parlamentar com dedicação exclusiva às causas de Mato Grosso, incansável na aprovação de recursos, parceiro do Governo Federal e Estadual. Sobretudo, com independência, que é a sua marca registrada.

Wellington tem sido um senador operante dos representantes de Mato Grosso no Senado, seja para solução dos créditos do Estado junto à União, destinação de verbas que estavam emperradas aqui em Brasília ou simplesmente para ouvir ou orientar prefeitos e vereadores. De fato, tem sido também um aliado poderoso do prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), além dos demais gestores por via direta ou por intermédio da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM).

Quando foi derrotado nas eleições para o Governo do Estado, em 2018, o senador se mostrou altruísta. Virou a página, partiu para o abraço, não cultivou inimigos e mágoas e passou a atuar de forma ainda mais decisiva nas demandas de Mato Grosso no Congresso Nacional. De riso largo, muita educação e circulação livre nos poderes, ministérios e nos 141 municípios do estado, Fagundes conquistou respeito e conhecimento dos trâmites e das”manhãs palacianas”. Tudo isso sem perder a sua independência.

O senador tem sido fundamental na implementação dos ajustes e medidas estaduais e federais, com uma atuação parlamentar decisiva aqui no Congresso Nacional.Em Mato Grosso, Wellington usa e abusa de seu tempo livre para visitar municípios, ouvir prefeitos e vereadores, além de colaborar com Mauro Mendes e equipe no planejamento de ações. Não é de graça que tenha se tornado referência é ídolo de grande parte dos prefeitos em Mato Grosso.

No Palácio Paiaguás, sede do governo de Mato Grosso, a credibilidade de Wellington Fagundes foi decisiva na recuperação de recursos na ordem de 600 milhões de reais, recentemente. Lutou com determinação para a regularização do FEX e tem uma atuação combativa para destinação da”cessão onerosa”, já aprovada pelo Congresso. É de Wellington Fagundes esse quinhão que vai tocar para Mato Grosso e seus municípios que não param de crescer dentro da visão municipalista.

De relacionamento fácil e fino trato até com “adversários”, competência política e sem olhos em retrovisores, Wellington Fagundes segue seu caminho atuante e se destaca hoje como um dos mais expressivos políticos da atualidade no estado.Nesse momento de ajustamento nacional, o senador tem trabalhado pontualmente na base de sustentação do governo e a respeitabilidade de opiniões o guardam no seleto grupos de homens públicos dos mais bem articulados do Senado. Atuando de forma colegiada, vem mostrando que o municipalismo é um caminho sem volta. Assim, Mato Grosso segue muito bem representado no Congresso Nacional.

João Pedro Marques é advogado e jornalista com escritório em Brasília e Mato Grosso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *