Fé e tradição leva centenas de fiéis às ruas do Centro em procissão ao padroeiro Bom Jesus de Cuiabá

Redação (com informações da assessoria)

 

Com velas nas mãos e corações acesos pela fé, centenas de fiéis caminharam pelo Centro de Cuiabá na noite de domingo (29), em procissão pelo padroeiro da capital mato-grossense, o Senhor Bom Jesus de Cuiabá. Neste ano, a primeira-dama Márcia Pinheiro foi a rainha da festa e esteve à frente da procissão, acompanhada do prefeito Emanuel Pinheiro.

“O manto na casa do prefeito tem o significado de que, o prefeito, segundo nossas crenças católicas, é o pai do nosso povo e ninguém melhor do que o próprio padroeiro da cidade para ungi-lo com suas bênçãos, para que ele possa cuidar com carinho, amor e paternidade da nossa população cuiabana”, explicou o Padre Edmilton, responsável pela celebração da missa dos festejo.

O momento foi um resgate da tradição cuiabana por meio da fé no padroeiro da capital, como bem lembrou o prefeito de Cuiabá.

“O resgate desta tradição é o resgate da cuiabania, do povo cuiabano, da fé cristã, de uma fé católica inabalável. Ao longo destes três séculos de existência da cidade verde, a igreja católica teve um papel fundamental neste processo de evolução, de resiliência, de força, de fé para superar todas as dificuldades e obstáculos, desde os seus primeiros 250 anos até essa explosão nos últimos 50 anos, que foi para a nossa capital e para o nosso estado, com um fluxo migratório intenso, um boom econômico para o nosso Centro-Oeste. Como prefeito dos 300 anos, quero deixar aqui a minha felicidade, Padre Edmilton, pela sua liderança, sua força em unir toda a comunidade católica para que nos 300 anos retomássemos esse verdadeiro destino que é o nosso reencontro com nosso santo padroeiro, que nos livrou de tantas intempéries, de tantas dificuldades, o nosso Senhor do Bom Jesus de Cuiabá, padroeiro da capital dos 300 anos. Parabéns Padre, parabéns à toda igreja”, comentou o prefeito Emanuel Pinheiro.

A missa na catedral de Cuiabá teve início por volta das 17h. Na ocasião, o prefeito Emanuel Pinheiro devolveu o manto ao Senhor Bom Jesus de Cuiabá, depois de mantê-lo em sua residência durante todo o mês de setembro. Vestida com o manto de rainha dos festejos, a primeira-dama contou emocionada a graça alcançada com a interseção do santo padroeiro e parabenizou os festeiros pela dedicação na realização da festa.

“É uma honra muito grande ter sido escolhida como rainha, justamente neste ano em que a capital comemora seus 300 anos. Só tenho a agradecer ao Senhor Bom Jesus por esse tempo de bênçãos, pelo convite para ser rainha dos festejos, a minha família e amigos, pela doação e entrega de cada um dos festeiros, ao rei Danilo Oliveira e ao Padre Edmilton pelo zelo e devoção para com o nosso padroeiro. A nossa quermesse estava impecável. Parabéns aos festeiros pelo esmero e carinho para com a Festa do Senhor Bom Jesus”, declarou a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro.

“A gente fica muito feliz de ver a igreja lotada e o despertar, cada vez mais, da religiosidade. É uma festa, é um chamado a devoção do nosso padroeiro da nossa capital para realmente o reverenciarmos e pedir proteção. Eu queria agradecer aos amigos, a família e a toda equipe técnica que trabalhou para que este evento fosse um sucesso”, disse o rei dos festejos, Danilo Oliveira.

O estabelecimento da data de realização da Festa do Senhor Bom Jesus de Cuiabá no último domingo do mês de setembro de cada ano se deu em 2017, quando o então deputado estadual Emanuel Pinheiro propôs um projeto de lei instituindo a data no calendário de eventos de Mato Grosso.  A mãe do prefeito, Maria Helena de Freitas Pinheiro, e o filho Elvis Pinheiro acompanharam a missa e a procissão.

 

 

 

Foto: Gustavo Duarte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *