Mais de 70 pessoas foram atendidas na primeira visita da equipe de Saúde no Albergue da Guia

Redação (com informações da assessoria)

 

Mais de 70 pessoas foram atendidas pela equipe de profissionais da Unidade Básica de Saúde do Distrito da Guia, durante a ação promovida no Albergue Municipal no início dessa semana, onde foram oferecidas consultas médicas, aferição da pressão arterial e testes de glicemia capilar. Nos casos que houve necessidade de atendimentos mais específicos, os pacientes receberam encaminhamentos para coleta de exames laboratoriais e em alguns casos, pacientes foram agendados para consultas com especialistas.

A ação faz parte do Projeto Albergue Humanizado, lançado pela Prefeitura de Cuiabá no mês de março desse ano, tendo como principal objetivo, criar ferramentas que possibilitem o resgate e a inserção social, a partir de ações intersetoriais voltadas à população em situação de rua.

A coordenadora da Proteção Social Especial, Maggie Carolina Maidana, disse que os atendimentos serão realizados até o final do ano, já com um calendário programado de atendimentos, sendo as próximas visitas nos dias 30 de setembro, 28 de outubro, 25 de novembro e 30 de dezembro. “A pessoa com uma saúde em dia, consegue ter mais força para lutar pela sua recuperação, requerer essa cidadania. São iniciativas como essa que nos enchem de esperança e reforça nossa vontade de lutar e fazer o diferencial na vida das pessoas”, reforçou a coordenadora.

“Quero agradecer a disponibilidade da equipe da Saúde por abraçarem e acreditarem no projeto. Essa é mais uma determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, desde que assumiu a gestão, sobre a importância de se trabalhar de forma intersetorial, uma secretaria dando suporte para outra, a fim de que todos os serviços ofertados pela administração municipal cheguem até a população, com qualidade e excelência. Hoje a parceria está acontecendo com a saúde nesse projeto do Albergue Humanizado, amanhã pode ser com a educação e assim por diante”, declarou o secretário municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Wilton Coelho.

FUNCIONAMENTO – Os albergues tem capacidade para atender 50 pessoas, que recebem atendimentos básicos de higiene, refeição e repouso. As unidades de acolhimento contam com uma equipe multidisciplinar para atendimento dos moradores em situação de rua com acolhimento, triagem e encaminhamento para benefícios sociais e mercado de trabalho.

O tempo de permanência é temporário, podendo o usuário ficar no local por até três meses.

 

 

 

Foto: Vicente Aquino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *