Sem categoria

Hospital Geral promove mutirão de Angioplastia com Stent para pacientes do SUS

Publicado

na

Da Redação (com informações da assessoria)

 

Para reduzir a fila de espera por procedimentos na especialidade cardiológica, o Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá (HG) em parceria com a Central de Regulação e a empresa Sonicardio realizaram neste mês de julho, um mutirão para angioplastias com stent coronário.

Segundo a presidente do HG, Dra. Flávia Silvestre, o objetivo é reduzir a grande demanda de pacientes que há muito tempo aguardam por uma consulta ou procedimento nesta especialidade que somos referência estadual. Nosso objetivo é reduzir pelo menos 30% a fila de espera, onde 100% dos pacientes são usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Com o mutirão, estima-se que sejam atendidos somente neste mês 100 pacientes a mais da nossa contratualização de atendimentos. Espero que possamos reduzir o alto índice de demandas paradas na Central de Regulação, e assim podermos proporcionar mais saúde e qualidade de vida para os pacientes”, comenta a presidente.

Doenças cardiovasculares matam 17,3 milhões de pessoas no mundo anualmente, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Dessas mortes, 80% ocorrem nos países em desenvolvimentos, entre eles o Brasil.

De acordo com o cardiologista e hemodinamicista da Sonicardio, Dr. Danilo Arruda, a doença da artéria coronária é conhecida popularmente por veia entupida. Ela se manifesta sob três aspectos: Angina de Peito, Infarto Agudo do Miocárdio e Morte Súbita. “A cada dois minutos uma pessoa morre por alguma cardiopatia no Brasil, pesquisas apontam que em 2040 cerca de 50% dos brasileiros terão manifestado alguma doença cardiovascular”, alerta o médico.

Leia Também:  Termina prazo para pedir isenção no Enem

Uma das principais causas de óbito no país é o infarto agudo do miocárdio, que tira a vida de até 15% das pessoas atingidas. Os que sobrevivem à contração ou ao entupimento da artéria coronária costumam ser submetidos à angioplastia coronariana.

Dr. Danilo explica que doenças do coração são desencadeadas pelo tabagismo, hipertensão arterial, colesterol alto, diabetes, sedentarismo e estresse, entre outros fatores evitáveis. “O mutirão é promovido em caráter multidisciplinar, para que o paciente receba cuidado integral à saúde com base em orientações nutricionais e farmacológicas”.

Para possibilitar esta ação a equipe da Sonicardio foi composta pelos médicos Danilo Arruda, Danilo Arruda Júnior, Juliano Slhessarenko, Danilo Fadul e Carlos Carretoni contando com a retaguarda da equipe da Unidade de Terapia Intensiva Coronariana (UCO), da Enfermaria da Clínica Cardiológica, e apoio do PRM em Cardiologia.

Atualmente, o tempo médio de espera para uma consulta cardiológica eletiva é de seis meses. Todas as consultas e cirurgias que estão sendo realizadas são custeadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com apoio da Secretaria Municipal e Estadual de Saúde de Mato Grosso.

Leia Também:  13º Paralimpícas: Alunos de Escola de Guiratinga ganham 9 medalhas sendo 7 de ouro

Flávia ressalta que a equipe médica não mediu esforços para realizar de seis a 10 angioplastias por dia, dando agilidade e alta hospitalar para os pacientes. “Com isso, reduz os custos financeiros e especialmente o custo social e emocional do paciente, que na maioria dos eram provenientes do interior do Estado”.

O cardiologista lembra ainda que essa ação é muito importante para agilizar o atendimento à população, de forma que os pacientes tenham suas demandas diagnosticadas o quanto antes, para se dar o tratamento devido quando for o caso.

Satisfação

Além dos pacientes que estavam na espera, há casos como o de dona Helena de Carvalho, de 73 anos, que necessitava de angioplastia. A aposentada foi informada sobre o mutirão através da Central de Regulação. “Achei maravilhosa a iniciativa dos médicos em fazerem esse mutirão, porque estou na fila há dois meses. Já fiz a angioplastia e posso voltar para casa”, relatou.

Quem ficou satisfeito também foi seu Ramão Benites, de 45 anos, em maio deste ano, ele foi acometido de enfarto e submetido a cateterismo com implante de dois stent farmacológico.

 

 

 

 

Foto: RepórterMT

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem categoria

No ato: Homem é preso em flagrante depois de roubar celular de casal

Publicado

na

Policiais militares do 6º BPM de Cáceres (a 225 km de Cuiabá) prenderam nesta quinta-feira (17.09), um homem por roubo, no bairro Parque Nova Era.

Os policiais foram acionados para atender um assalto em andamento. Quando chegaram ao local, encontraram pessoas em luta corporal com o suspeito. 

Com a situação apaziguada, as vítimas, um homem e uma mulher, contaram que tinham sido rendidos pelo suspeito que estava armado e os obrigou entregar o celular.

O cidadão reagiu e tomou a arma do suspeito, mas era uma réplica de pistola e iniciou uma luta com o criminoso. Moradores próximos foram ajudar e acionaram a PM. O suspeito estava com uma bicicleta que também foi apreendida.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM-MT
Leia Também:  Onda de violência assusta empresários em torno da Miguel Sutil
Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA