Alunas do Siminina conhecem importância da mulher na carreira militar

Da Redação (com informações da assessoria)

 

Militares da Aeronáutica, Corpo de Bombeiros e Exército visitaram as unidades do Programa Siminina, no último mês, para destacar o papel da mulher na carreira militar. O projeto voluntário também tem a intenção de falar sobre as formas de ingresso na Força Aérea Brasileira (FAB) e as profissões militares.

Segundo a sargenta especialista em Controle de Tráfego Aéreo da FAB, Rayane Cristina, idealizadora do projeto, é demonstrado às alunas do Siminina a crescente e cada vez maior presença feminina nas áreas militares, no intuito de orientar as jovens a pensarem nas profissões antes do ingresso no ensino médio.

“Passamos para elas sobre o estudo e que as mulheres tem o poder de conseguir o que elas querem. Se elas querem ser piloto, militar, advogada e independente da profissão que elas queiram seguir, basta estudarem. Em nossas visitas, incluímos elas na conversa para perguntarem o que elas querem ser, mostrar o meio militar e as mulheres de farda”, contou.

Para a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, o projeto segue as diretrizes das ações sociais desenvolvidas nos últimos anos, onde colocam a mulher em destaque para o empoderamento feminino e papel de independência para combater a violência doméstica.

“É se uma importância que pensamos em ações para colocar a mulher em destaque e cada vez seu papel dentro da sociedade onde quer que seja. Estamos promovendo diversas ações focadas nas mulheres como o Qualifica Cuiabá 300 anos e outros porque precisamos criar mecanismo para seu crescimento e mostrar para meninas que o meio militar também é espaço para mulheres e uma forma de incentivar o empoderamento feminino”, frisou Márcia.

O projeto voluntário visitou, até o momento, as unidades dos bairros CPA III e 1ª de Março e pretende estender os trabalhos em todas as outras 14 unidades da Prefeitura de Cuiabá. “Mostramos os valores militares que é a educação e o respeito ao próximo e, principalmente, a realização dos trabalhos das nossas atividades para que o jovem saiba escolher o caminho do bem. É isso que pretendemos passar para essas crianças”, elencou o 2ª Sargento Abner da Costa.

 

 

Foto: Vicente Aquino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *