‘Balbúrdia’ festeja 29 anos de Comunicação Social da UFMT

Da Redação (com informações da assessoria)

 

Mais de 200 profissionais que começaram a carreira na universidade se reúnem nesta sexta numa festa “rockina”

Alunos de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) promovem, nesta sexta-feira (5), uma festa para marcar os 29 anos de criação do curso. Batizado de “Balbúrdia, o Retorno”, o encontro reunirá aproximadamente 200 profissionais da área de comunicação em uma programação com decoração e comida típicas de “festa junina”, mas ao som de rock. A banda Contra-Ataque se apresentará ao vivo na festa.

A Balbúrdia será no Espaço Valdelícias, na chamada Estrada da Guia, em Cuiabá, a partir das 21 horas. A festa será aberta para profissionais que tenham ou não sido formados na UFMT e seus convidados. “Queremos celebrar o reencontro. Temos um grupo muito grande que começou a vida profissional ali na universidade, em diferentes tempos, e acabou seguindo os rumos da vida. Alguns continuaram amigos, outros foram se afastando. Essas reuniões são ótimas até para atualizar o networking”, brinca a jornalista Magda Matos, uma das organizadoras do evento.

O grupo de Whatsapp que deu origem à festa reúne 191 pessoas e a troca de indicações, contatos telefônicos e dicas profissionais tem ocorrido de forma paralela ao compartilhamento das lembranças afetivas. “Está sendo bem interessante rever pessoas, lembrar de fatos hoje históricos que vivemos, inclusive com colegas que vivem em outros países atualmente”, comenta a jornalista.

Durante a festa, a jornalista Celly Alves aproveitará a oportunidade para colocar seu livro “Somos todos COS! – História do movimento estudantil de Comunicação da UFMT” à venda. A publicação faz um resgaste histórico do curso de Comunicação Social, contando fatos e destacando personagens – alguns, com presença confirmada na festa. “Colegas nossos que estão morando fora de Mato Grosso virão especialmente para o reencontro”, fala, com orgulho, a jornalista Natacha Wogel, uma das idealizadoras da festa.

De acordo com ela, a ideia é não parar na primeira edição e incorporar, com o tempo, outros objetivos ao reencontro. “Estamos falando de um pessoal criativo, produtor de ideias. Gente que faz arte, que tem projeto social, que produz cinema, toca em banda, é voluntário, lidera iniciativas de toda ordem. Essa reunião é a primeira de várias. A balbúrdia vai continuar”, revela.

O radialista mais publicitário da comunicação, Jomar Brites aderiu à ideia da Balbúrdia de primeira. Formado em 98/1, com 25 anos de experiência no mercado publicitário, ele também é o vocalista da banda Contra-Ataque, cujo repertório gira em torno de clássicos e hits alternativos de rock e pop. “A seleção de músicas está sendo feita a dedo, pra casar com o perfil da festa”, revela.

A playlist da festa foi selecionada a dedo pelo fotógrafo Tchélo Figueiredo. “A ideia é relembrar, e música ajuda bastante a criar esse clima”, comenta.

As ajudas para viabilizar a festa vieram de toda parte. A jornalista Paola Carlini conseguiu o patrocínio da Cervejaria Petrópolis, para a cerveja, e da Plaenge, para o som.

Professora “fundadora” do curso de Comunicação Social da UFMT, Sônia Zaramella foi uma das primeiras a confirmar sua presença na Balbúrdia. E explica a razão. “Porque vai avivar um período alegre, de respeito e, principalmente, de esperança, sensações essas perdidas atualmente nas academias por conta das incertezas que vivemos no país”.

Embora a festa seja direcionada a egressos da UFMT, está aberta. Os ingressos podem ser adquiridos na hora, pelo valor de R$ 80,00, com direito a jantar completo e bebida à vontade. Mais informações nos contatos (65) 99289-0950/ 9209-8518.

 

 

Foto: Divulga

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *