Inverno começa nesta sexta com previsão de temperaturas acima da média

O inverno no Hemisfério Sul começa às 12h54 desta sexta-feira (21). Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o fenômeno El Niño, que acompanhou o Brasil no verão e no outono, deverá continuar influenciando o tempo: um aquecimento acima do normal na parte do Pacífico próxima ao Equador, o que dificulta a entrada do ar frio.

Ainda segundo o Inmet, a probabilidade da ação do El Ninõ passa de 50% – a consulta foi feita em centros internacionais de meteorologia. O site Climatempo prevê que durante o inverno de 2019, “quase todas as ondas de frio serão desviadas para o oceano” e “deve terminar com temperaturas acima da média”.

Independente disso, a véspera da estação em Santa Catarina teve temperaturas abaixo de 0ºC. Nesta quinta-feira (20), houve geada nos municípios da Serra do estado. Nevoeiros também mudaram a paisagem do Vale do Itajaí e do Litoral Norte catarinense.

 

Veja a previsão por região do Brasil:

Com informações o Inmet e do site Climatempo

Norte

As chuvas devem ficar ligeiramente abaixo da média para a região, com exceção do Acre, noroeste do Amazonas e sudeste do Pará. As temperaturas, no entanto, devem se enquadrar no previsto para a estação. Vale lembrar que nesta época a falta de chuva, junto com o calor e a baixa umidade relativa do ar, aumenta a chance da incidência das queimadas.

 

 

Nordeste

As chuvas podem ficar abaixo da média em algumas regiões, principalmente na costa leste.

Na maior parte dos estados, a temperatura deve ficar dentro da média prevista. No interior, o calor deve ser um pouco acima do normal. Inicia-se o período de seca, com baixos índices de umidade. Eventos de chuva forte, no entanto, podem ocorrer em partes isoladas, principalmente no litoral.

Centro-oeste

As chuvas devem ficar abaixo da média, com temperaturas mais altas e com massa de ar quente e seco. Esse cenário deverá ser mais intenso nos meses de agosto e setembro. É comum que a região fique sem chuva por várias semanas – se ocorrer, será em pequenas áreas e com pancadas repentinas.

Sudeste

Assim como na região Centro-oeste, o inverno é o período mais seco do ano no Sudeste, especialmente para o norte de Minas Gerais. No entanto, as chuvas podem ser acima da média no período, principalmente em setembro e no sul do estado de São Paulo. As temperaturas ficam acima da média da estação, com declínios acentuados devido à passagem de massas de ar frio.

Sul

Com chuvas acima da média para um inverno na região, haverá uma maior frequência de frentes frias, contribuindo para uma maior variação de temperatura. O frio intenso deve atingir a metade sul do Rio Grande do Sul e a parte leste de Santa Catarina, com temperaturas que podem chegar a abaixo de 0ºC.

 

 

Fonte:G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *