Após jogo e bebedeira, briga de primos termina em tiros e na apreensão de 4 pistolas

Por Rafael Medeiros

Após discussão, Ricardo Sampaio Escher, 29 anos foi preso suspeito de atirar contra a casa do primo, na madrugada desta quarta-feira (12), no Jardim Marajoara, em Várzea Grande. Com o suspeito foram apreendidas 4 pistolas e 37 munições.

De acordo com o boletim de ocorrência [n°2019.175615], por volta das 00h40, os primos chegavam da Arena Pantanal – jogo do Cuiabá contra Atlético Goianiense – quando se desentenderam ainda dentro do carro. No documento policial há ainda informações que os primos trocaram agressões verbais e físicas. Populares interferiram e ambos acabaram indo cada um para a sua casa, no mesmo bairro.

Irado e supostamente bêbado, Ricardo não contente, pegou uma arma de fogo e foi até a porta da casa, onde fez alguns disparos, um deles atravessou o portão.

A PM foi acionada e no local o suspeito alegou ser microempresário, e resistiu a prisão. A PM precisou invadir a casa. Ele foi detido e ao ser questionado sobre a arma, disse que só tinha uma e que era registrada.

No entanto, em buscas pela casa, a polícia encontrou outras 2 pistolas escondidas em uma gaveta. Além disso, foram encontradas munições e um carregador.

Já em uma mochila, a polícia encontrou outra pistola, com 3 carregadores e 22 munições intactas e 2 deflagradas.

Segundo o suspeito, as armas estavam penhoradas, já que teria emprestado dinheiro aos proprietários.

Diante dos fatos, ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes e autuado por posse e porte ilegal de arma de fogo, bem como disparo de arma de fogo.

O primo não compareceu à delegacia para oficializar o registro da ocorrência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *