Cotidiano

Prefeito sanciona lei para construção de avenida de 17 km que beneficia 421 mil pessoas

Publicado

na

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, sancionou na noite desta terça-feira (4), o projeto de lei aprovado na Câmara Municipal para contrair empréstimo, com o objetivo de construir a Avenida Contorno Leste, que terá extensão de 17,3 km e vai beneficiar 421 mil habitantes de 39 bairros das regiões Sul, Leste e Norte da Capital.

A lei será publicada nesta semana no Diário Oficial de Contas e depois encaminhada à Caixa Econômica Federal (CEF) para a emissão e posteriormente, a assinatura do contrato de empréstimo de R$ 125 milhões para as obras de implantação, pavimentação e drenagem de águas pluviais da Avenida, que sai do Distrito Industrial e vai até a Rodovia Emanuel Pinheiro, ligando ao Florais. Após o processo licitatório que vai conter três lotes (dois para a construção da avenida e um para a construção de duas pontes), a obra poderá ter início e a previsão de conclusão é de um ano e meio.

“Vamos criar um novo corredor econômico social, uma área de desenvolvimento urbano e também uma nova rota de mobilidade urbana, paralelo ao rodoanel que é para as máquinas pesadas. A Avenida Contorno Leste visa desafogar e humanizar o trânsito, fazer ligação entre as regiões Norte, Leste e Sul, beneficiando mais de 420 mil pessoas. Será uma das maiores obras estruturantes da história da nossa Capital”, afirmou Emanuel Pinheiro.

Leia Também:  Bombeiros prestam homenagem aos profissionais do Hospital e Pronto Socorro de Várzea Grande

GESTÃO

Emanuel Pinheiro argumentou que a Prefeitura de Cuiabá conseguiu contrair o empréstimo junto à Caixa Econômica, por meio do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), por conta do equilíbrio fiscal implementado pela gestão. “Cuiabá está com saúde financeira invejável, estamos em pleno equilíbrio fiscal, a Lei de Responsabilidade Fiscal é regra na nossa gestão. Fizemos o dever de casa e por isso é possível fazer esse investimento para beneficiar regiões de baixa renda. É um financiamento sonhado por muitos municípios de médio e grande porte do Brasil e a nossa Capital conseguiu porque a gestão faz o dever de casa”, comentou.

BAIRROS BENEFICIADOS

Na região Sul, serão beneficiados diretamente, os bairros: Distrito Industrial, Residencial Recanto do Sol, Residencial Marechal Rondon, Residencial Pascoal Moreira Cabral, Jardim Passaredo, Lagoa Azul, Loteamento Salvador Costa Marques, Condomínio Primor da Torres, Jardim Fortaleza, Vila Nova do Coxipó, Novo Milênio, São João Del Rey, Osmar Cabral e Brasil 21.

Da região Leste, serão beneficiados diretamente os bairros Altos da Serra, Doutor Fábio I, Doutor Fábio II, Recanto da Siriema.

Leia Também:  Mercado reduz estimativa de inflação e crescimento da economia

Já na região Norte, os bairros diretamente beneficiados são: Morada da Serra, Jardim Brasil, Jardim Paraná, Três Barras, Jardim Umuarama, 1º de Março, João Bosco Pinheiro I, João Bosco Pinheiro II, São Tomé, Residencial Ana Maria, Serra Dourada, Residencial Pádova, Ouro Fino, Vila Nova, Altos da Colina, Novo Paraíso I, Novo Paraíso II, Aroeiras, Solar da Chapada.

 

Crédito: Da Redação, com informação da Assessoria

Foto: Luiz Alves

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cotidiano

Governo assina convênios para pacote de obras em escolas, aquisição de micro-ônibus e equipamentos

Publicado

na

O Governo de Mato Grosso, por meio da secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), firmará, na próxima terça-feira (19.01), mais de 50 convênios com 26 municípios, para a construção de novas escolas estaduais e de quadras poliesportivas, ampliação de unidades, além da aquisição de micro-ônibus, mobiliários e equipamentos.

Os convênios ultrapassam os R$ 40 milhões e fazem parte do pacote de investimentos do programa Mais MT. O evento será realizado no Palácio Paiaguás, às 9h.

Dentro do pacote está a construção de três novas escolas em Peixoto de Azevedo, Primavera do Leste e Querência.

Em Peixoto de Azevedo o convênio firmado direto com a prefeitura prevê um investimento do governo de R$ 3.995.000,00 e R$ 5.000,00 de contrapartida do município.

O projeto é de construção da Escola Estadual Luciene Cardos de Oliveira, com 10 salas de aula e uma quadra poliesportiva. O terreno fica no Loteamento Nova Esperança, nas ruas Manaus e Parnaíva.

Em Primavera do Leste, a nova unidade terá 16 salas de aula e quadra poliesportiva. Será construída no bairro Jardim Luciana. A prefeitura destaca que o bairro tem apresentado um grande crescimento populacional e precisa de infraestrutura para atender os moradores de toda a redondeza.

Leia Também:  Mercado reduz estimativa de inflação e crescimento da economia

O investimento do governo do Estado será de R$ 7.495.000,00 e a contrapartida da prefeitura de R$ 5.000,00.

Em Querência, será construído o novo prédio da Escola Estadual Indígena Central Kisedje, com oito salas de aula. A escola atende alunos dos Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Neste prédio, o investimento do Estado será de R$ 1.995.000,00 com contrapartida de R$ 5.000,00 do município.

Ampliações e quadras

Os convênios também são para ampliações em oito escolas estaduais, localizadas em Campo Novo do Parecis, Nova Canaã do Norte, Sapezal e Sorriso. Cada unidade terá mais oito salas de aula, uma média de 240 novas vagas. As obras estão previstas para iniciar ainda no primeiro semestre.

Vinte e duas escolas vão ganhar uma nova quadra poliesportiva, possibilitando aos estudantes um espaço adequado para a prática de esportes. As quadras serão construídas em escolas de Campo Novo do Parecis, Figueirópolis D’Oeste, Juscimeira, Nortelândia, Nova Lacerda, Peixoto de Azevedo, Porto Alegre do Norte, Primavera do Leste, Querência, Santa Rita do Trivelato e Sorriso.

Leia Também:  Produtos tiveram queda de preços de 1,05% na saída das fábricas

Em Campo Novo do Parecis, a obra de ampliação será na Escola Estadual Jardim do Ipês, no bairro com o mesmo nome. Além de um novo bloco escolar com oito salas de aula, serão construídos novos banheiros na unidade e uma quadra poliesportiva. O convênio assinado com a prefeitura totaliza R$ 1.500.000,00, sendo R$ 1.495.000,00 de investimentos do governo e R$ 5.000,00 de contrapartida do município.

Também em Campo Novo do Parecis, a Escola Estadual Marechal Cândido Rondon vai ganhar uma nova quadra poliesportiva (R$ 695.000,00 de investimentos do Estado e R$ 5.000,00 de contrapartida do município).

Em Itanhangá, a Escola Joaquim Barbosa vai ganhar mais oito salas de aula e também uma quadra poliesportiva. O projeto também prevê a instalação de posto de transformação para que a unidade possa receber climatização.

Continue lendo

PUBLICIDADE

POLÍTICA

ECONOMIA

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA