Sob gritos de “mito”, Bolsonaro chega em Mato Grosso

Fonte: O Bom da Notícia

Sob gritos de “mito” e forte esquema de segurança, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi aclamado na primeira visita a Mato Grosso após sua posse como presidente da República, na divisa com Goiás, para a assinatura do projeto “Juntos pelo Araguaia” e levou centenas de moradores de Aragarças (GO) e de Barra do Garças (MT) às ruas.

Popular nas redes sociais, Jair Bolsonaro durante a visita – como de praxe no mundo político -, segurou criança no colo e fez diversas fotos. [vídeo no final da matéria]

O presidente lançou na divisa dos dois estados [GO e MT], o programa que prevê a recuperação de 10 mil hectares de áreas degradas em 27 municípios, sendo 5 mil em cada um dos estados.  O programa é lançado no Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho) e foi  idealizado como a maior ação de revitalização de bacia hidrográfica por meio de um esforço conjunto entre os Governos Federal, de Mato Grosso e de Goiás.

O lançamento é acompanhado pelo  governador  Mauro Mendes (DEM) e pelo governador de Goiás,  Ronaldo Caiado.

Na primeira etapa, o objetivo é recompor as florestas protetoras de áreas de preservação permanente e manejar pastagens e atividades agropecuárias com tecnologias de agricultura de baixo carbono, bem como implantar sistemas agroflorestais nas zonas de recarga de aquíferos, nas cabeceiras e nos afluentes que formam o Rio Araguaia.

Além dos cidadãos acompanham ida do presidente a Aragarças, diversos políticos, tanto que o ato pode der esvaziado Assembleia Legislativa nesta quarta-feira. Acontece que 10 deputados estaduais já confirmaram a presença do evento, que será realizado na Câmara de Vereadores de Aragarças (GO), município que faz divisa com Barra do Garças (168 km a médio-Norte). O senador Wellington Fagundes (PL)  também prestigia a visita.

Segundo a assessoria do governo do Estado, confirmaram presença os deputados Eduardo Botelho (DEM), Max Russi (PSB), Ulysses Moraes (DC), Xuxu Dal Molin (PSC), Dr. João (MDB), Elizeu Nascimento (DC), Nininho (PSD) e Dilmar Dal Bosco (DEM). E, como não poderiam faltar, os parlamentares do PSL, Delegado Claudinei e Silvio Fávero, fecham o grupo de deputados estaduais que irão para a região do Araguaia recepcionar Bolsonaro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *