João Batista propõe construção de complexo hospitalar para Sistema Penitenciário

Da redação (com informações da assessoria)

 

 

 

 

Visando otimizar o atendimento e garantir saúde de qualidade para os profissionais da segurança pública, o deputado estadual João Batista (Pros), apresentou na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), a Indicação nº 1123/2019, que propõe a construção de um complexo hospitalar nos moldes do hospital militar, para melhor atender os servidores do Sistema Penitenciário, Socioeducativo e da Polícia Judiciária Civil do Estado.

O parlamentar destacou a importância dos cuidados da saúde dos servidores que atuam na segurança pública, tendo em vista, as funções de alto risco, que demandam um tratamento diferenciado, tanto físico como psicológico.

“Com a construção de um hospital para a categoria, todo atendimento poderá ser feito em um único local, além dos municípios que poderiam encaminhar atendimentos especializados para a capital. Precisamos valorizar esses profissionais da segurança pública, dando-lhes melhores condições de vida e assegurando-lhes uma saúde digna”, pontuou o deputado.

Ainda conforme João Batista, a construção do hospital para classe, não é luxo, mas sim uma necessidade, segundo ele, é um “paradoxo”, ver aqueles que mais se expõem em defesa da vida, serem pouco valorizados.

“Os policiais civis e os agentes prisionais terem um tratamento hospitalar em um local específico, não significa privilégio, mas o reconhecimento da missão que eles têm que cumprir que é a de garantir a vida de cada cidadão. Essa é uma atividade que impulsiona ao perigo, por isso, faz-se extremamente necessário, um atendimento adequado”, defendeu o parlamentar.

De acordo com o texto do documento, a proposição do foi encaminhada ao governador Mauro Mendes Ferreira, com cópias ao secretário chefe da casa civil, Mauro Carvalho Junior e ao secretário de segurança pública (Sesp), Alexandre Bustamante dos Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *