Os riscos do excesso de mamas na saúde da mulher

Da redação (com informações da assessoria)

 

 

 

Ter os seios fartos nem sempre é o sonho de consumo de toda mulher. A hipertrofia mamária é uma alteração do contorno corporal: é quando as mamas possuem um tamanho e peso acima das características anatômicas do tórax. Em muitos casos, seios excessivamente grandes podem refletir tanto psicologicamente quanto na capacidade da mulher em levar uma vida ativa e, na maioria das vezes, a cirurgia para a redução de mamas (Mamoplastia Redutora) é a melhor opção.

Diversas são as causas da hipertrofia mamária, entre elas estão o aumento do peso corporal ou, em alguns casos, uma disfunção hormonal. Por isso, o cirurgião plástico Dr. Marcio Augusto Martins Canavarros Serra destaca que é importante fazer um acompanhamento multidisciplinar. “Analisar o quadro com um Endocrinologista, Ginecologista e Cirurgião Plástico é o início para saber a origem do problema e indicar qual o melhor tratamento”, ressalta o profissional.

O excesso de mama pode causar diversos desconfortos, desde dores nas costas e pescoço, além da depressão nos ombros, bem no lugar das alças do sutiã, devido ao peso dos seios. No entanto, o mal-estar que seios grandes podem causar na mulher não para por aí. Você já pensou como deve ser complicado fazer atividade física ou, simplesmente, amarrar o calçado? Ou então, querer colocar uma blusa mais justinha e não pode usar, pois visualmente vai parece desproporcional ou a própria pessoa vai se sentir desconfortável? Essas são algumas das situações que muitas mulheres passam e as consequências afetam o emocional.

No entanto, a escolha por fazer a Mamoplastia Redutora deve ser uma decisão da paciente e com a orientação de um cirurgião plástico. Canavarros destaca que o procedimento é algo individualizado e que a paciente deve realizar em benefício próprio. “A mulher não deve fazer a cirurgia apenas para satisfazer um desejo ou para se adaptar a qualquer tipo de padrão de beleza”, esclarece o médico.

Ainda de acordo com o profissional, a cirurgia para a redução de seios é mais indicada para diminuir as mamas e promover resultados mais naturais. “São diversas as técnicas e maneiras de buscar o resultado mais satisfatório ao paciente, mas tudo isso é definido de acordo com a pessoa, pois cada indivíduo é diferente do outro. Inclusive os critérios da quantidade de mama a ser retirada dependem da dimensão do tórax, do grau de hipertrofia e a satisfação pessoal da paciente”, afirma o cirurgião plástico.

Ter a orientação de um profissional qualificado é muito importante na hora de realizar esse tipo de procedimento. Médicos que atuam na área da cirurgia plástica precisam, obrigatoriamente, serem membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Outra indicação de Canavarros é conversar com pessoas que já tenham feito o procedimento. “É importante saber a experiência de pessoas que passaram pela cirurgia para ter o conhecimento sobre como foi o processo e os resultados”, diz o Dr. Marcio Augusto Martins Canavarros Serra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *