OAB-MT e parceiros levam orientação e serviços gratuitos à população nesta quinta-feira

Da redação (com informações da assessoria)

 

 

 

Orientação sobre as principais dúvidas em relação aos direitos e uma série de serviços estarão à disposição da população de Cuiabá nesta quinta-feira (9), das 9h às 16h, na Praça Alencastro, na região central da Cidade, em mais uma edição do Trabalho na Praça.

O evento integra a programação do Maio Trabalho, que contempla um mês inteiro de ações alusivas ao Dia do Trabalhador, e é promovido todos os anos pela Comissão de Direito do Trabalho da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT).

Neste ano, o Trabalho na Praça contará com orientação jurídica, emissão e documentos, jogos lúdicos e toda uma rede de serviços gratuitos.

As dúvidas mais recorrentes sobre direitos trabalhistas, previdenciário, de família, consumidor e outros serão esclarecidas pelos membros das comissões temáticas da OAB-MT. O cidadão também contará com o plantão do Tribunal de Ética e Disciplina (TED) da entidade para orientar sobre a conduta profissional e receber eventuais denúncias.

Apoiador do evento, o Procon Municipal realizará a entrega de cartilhas sobre direitos do consumidor. Os serviços do Sistema Nacional de Empregos (Sine) de Cuiabá e de Mato Grosso possibilitarão a realização e cadastro de Microempreendedor Individual (MEI) e ofertas de vagas de trabalho.

Promovido pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), o Mutirão da Cidadania oferece a possibilidade de solicitação de segunda via do CPF, certidões (casamento, nascimento, óbito), fotocópia e plastificação de documentos e tirar foto 3×4.

Também, durante o evento, o Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos (Sindnapi) fará a emissão da Carteira do Idoso. Os interessados em obter o benefício deverão levar os documentos pessoais.

Ainda, uma série de atividades lúdicas será desenvolvida durante o Trabalho na Praça.

Participam do evento: Procon Municipal, Sine Cuiabá, Sine MT, Sindnapi, Setasc, Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT MT), Ministério Público do Trabalho (MPT), Associação dos Advogados Trabalhistas de Mato Grosso (Aatramat).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *