Projeto de Lei muda relação da sociedade com Autistas em Várzea Grande

Da redação (com informações da assessoria)

 

 

Na sessão ordinária da última quarta-feira(10) o vereador Ícaro Reveles (PSB) apresentou o Projeto de Lei que normatiza o atendimento público e privado à pessoa com Transtorno de Espectro Autista (TEA).

Os Projetos de Lei intituí no âmbito do Minicípio a Carteira de Identificação do Autista (CIA), que terá a validade de 05 anos e o atendimento preferencial de pessoas com Transtorno Espectro Autista (TEA) em estabelecimentos comerciais, de serviços e similares.

De acordo com o vereador Ícaro Reveles, os Projetos de Lei tem como objetivo humanizar e promover a conscientização para as necessidades das pessoas com Transtorno de Espectro Autista (TEA).

“Temos acompanhado as dificuldades enfrentadas não só pelas pessoas acometidas desse problema como a de suas famílias que precisam mudar toda a rotina para atender as necessidades do filho(a). Creio que iremos avançar mais, pois estamos no início dessa campanha de conscientização da sociedade varzeagrandense para os problemas enfrentadas por essas pessoas, creio que assim daremos melhores condições de vida a começar pela forma de atendimento nos setores público e privado” explicou Ícaro Reveles

Além do atendimento preferencial e a confecção da carteira de identificação, o projeto de Lei institui a instalação de placas nos estabelecimentos públicos e privados indicando o atendimento preferencial e prioritário à pessoas com Transtorno Espectro Autista (TEA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *