Criança morre ao ser agredida com socos na cabeça pelo padrasto

Criança de um ano e três meses foi agredida pelo padrasto na cabeça e sofreu traumatismo craniano, na última sexta-feira (19). Ela recebeu atendimento em um hospital de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), mas não resistiu e morreu.

 

O caso aconteceu em Santa Rita do Araguaia, Goiás, mas a vítima precisou ser encaminhada para cidade do interior de Mato Grosso devido sua gravidade.

 

De acordo com informações locais, pais da criança chegaram à unidade hospitalar dizendo que a criança caiu do berço. Contudo, a equipe médica desconfiou da situação e acionou a Polícia Militar (PM). Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi acionada e encontrou marcas de sangue na casa e na camiseta do acusado.

 

O delegado da cidade, então, ouviu novamente o depoimento do padrasto e confrontou as informações sobre a queda do berço. Ele confessou a autoria do crime, afirmou que ingeriu muita bebida alcóolica e que o choro da criança o deixou irritado. Assim, ele deu vários socos em sua cabeça, até deixa-la desmaiada.

Ele, então, foi até o quarto em que a mãe estava dormindo e afirmou que a criança havia caído do berço. Com a morte, o padrasto deve responder pelo crime de tortura qualificada.

Crédito: Gazeta Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *