Educação institui Manual de Normas e Conduta para motoristas do transporte escolar

A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer elaborou um Manual de Normas e Conduta no Trânsito e esta semana começou a ser distribuído para os profissionais/motoristas/condutores e acompanhantes/funcionários que atuam no transporte escolar da rede municipal de Várzea Grande.

De acordo com o secretário Silvio Fidelis, a iniciativa tem o objetivo de contribuir de forma sistemática na utilização da frota interna de veículos bem como pautar o compromisso dos profissionais do transporte da Secretaria na observância das normas e conduta às diretrizes legais de trânsito.

“Atualmente é de responsabilidade da Secretaria o transporte diário de 2.568 alunos da rede municipal e estadual, para isso contamos com uma frota de mais de 30 ônibus, circulando por 35 rotas em toda área urbana e rural. Nosso compromisso com a segurança dos alunos e a qualidade dos serviços exige cada vez mais iniciativas que visam garantir a tranquilidade de todos os envolvidos”, pontuou o secretário.

O Manual, elaborado pelo Departamento Jurídico da Secretaria, foi concebido com base no Código de Trânsito Brasileiro – CTB, em Códigos de Trânsito em geral e traz várias definições sobre assuntos relacionados ao transporte de passageiros, assim como orientações de como motoristas e acompanhantes devem agir diante de várias situações. As questões comportamentais e regras básicas de norma de conduta também são abordados no manual, como o uso obrigatório do cinto de segurança, faróis(baixos) ligados durante o dia, trafegar sempre em velocidade permitida estabelecida para a via, nunca atender nem utilizar telefone celular quando estiver dirigindo, não fumar e o cuidado máximo com pessoas (principalmente crianças, idosos, ciclistas e motociclistas) e animais na pista.

Os acidentes de trânsito também são abordados no manual com a devida orientação de como se deverá agir em caso de ocorrência. A responsabilidade do motorista e do usuário do transporte em caso de acidente, orientação sobre faixa de pedestre, placas de trânsito, de limite de velocidade e dicas de prevenção também fazem parte do conteúdo do manual.

Além das informações e orientações importantes que podem ajudar os profissionais no dia-a-dia do transporte escolar, o manual ainda traz uma lista contendo os telefones da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Serviço de Atendimento Médico de Urgência – SAMU, Corpo de Bombeiros, Polícia Judiciária Civil, Polícia Rodoviária Estadual e da Guarda Municipal para qualquer emergência.

O manual está sendo entregue para todos os funcionários do setor de Transporte da Educação e o documento será obrigatório junto ao profissional no desempenho de suas funções.

Por: Secom/VG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *