Escolas realizam atividades para conscientizar sobre diversidade racial

Unidades de ensino da rede pública municipal de Cuiabá estão realizando eventos com a participação da comunidade escolar, em comemoração ao Dia da Consciência Negra, celebrado no último 20 de novembro. São exposições de trabalhos, desfile afro, exibições de filmes, apresentações de dança, teatro, poesia e culinária, uma programação variada que vai até o dia 30 de novembro.

O professor, especialista em Relações Raciais e Educação na Sociedade Brasileira, atualmente assessor de Eventos da SME, Edmilson Marques de Moraes destacou a importância do trabalho pedagógico que as escolas desenvolvem ao longo do ano, não apenas nesse período. “Esse trabalho é consequência da discussão em torno dos materiais pedagógicos, contextos, filmes e palestras desenvolvidos dentro das unidades de ensino, para que não só os alunos, mas toda a comunidade escolar trabalhe a conscientização despertando o respeito em relação às diferenças”, disse ele.

Para o professor, após mais de 300 anos de escravidão que resultou numa política racista, enraizada nos costumes dos colonizadores brancos, a escola tem um papel fundamental nesse processo. “O papel da escola é de desconstruir as ideias racistas. Nesse sentido, a importância da Lei 10639/03, que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileiras, nas instituições de ensino públicas e particulares”, destacou Edmilson Moraes.

 

Programação

Nesta quinta (22) e sexta-feira (23), na Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Prof. Zeferino Leite de Oliveira, localizada no bairro Pedra 90, pela manhã e à tarde, acontecem exposições de trabalhos produzidos pelos alunos, rodas de capoeira e desfiles de etnias.

Também na sexta-feira (23), às 17 horas, os alunos do Centro Municipal de Ensino Infantil (CMEI) Maria Conceição Oliveira de Souza, no bairro CPA IV, realizam apresentações culturais.

No sábado (24), das 09h30 às 15h30, na EMEB Antônio Ferreira Valentim, no Barbado, pais e toda a comunidade estão convidados para assistir apresentações culturais, alusivas à data.

No dia 30, na EMEB São Sebastião, localizada no bairro São Sebastião, a programação cultural começa às 16 horas. E no dia 1º de dezembro, no período matutino, a EMEB Vereador Paulo Campos Borges realiza culminância do projeto Contos e Recontos de Histórias, com apresentações culturais e exposição. Durante o semestre a unidade de ensino desenvolveu atividades com os alunos, sobre a conscientização das contribuições dos afrodescendentes.

A EMEB Presidente Tancredo de Almeida Neves, localizada no bairro Jardim Araça, durante todo o 4° bimestre, bordou com os alunos, temas ligados à diversidade cultural. “Acreditamos que a escola é uma instituição social e, como parte dela, esse assunto vem ao encontro da realidade dos nossos alunos”, destacou a diretora da unidade de ensino, Leocy Ribeiro de Lima. Na escola, o tema foi abordado por meio de atividades, pesquisas sobre o porquê da comemoração e importância desse dia, músicas, trabalhos manuais, pinturas, expressão artística e corporal, leitura de livros e histórias que retratam a cultura africana, que até hoje permanecem atuais e são importantes para o reconhecimento do povo africano em nossas origens.

Na EMEB Prof. Hélio de Souza Vieira, localizada no bairro Praeiro, os professores estão desenvolvendo várias atividades com a exibição de vídeos sobre Zumbi dos Palmares e outros temas como a história das favelas e pesquisas no laboratório de informática, desenhos e exposições de máscaras africanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *