Simininas iniciam 1º módulo do curso de informática básica

As aulas são ministradas pela coordenação do curso de Engenharia da Computação da Unic

A primeira turma do Siminina Digital teve o início das aulas, na última segunda-feira (23), referente ao curso de Informática Básica oferecido Prefeitura de Cuiabá, em parceria com a Universidade de Cuiabá (Unic), campus Barão.

A coordenação do curso de Engenharia da Computação será a responsável pelo conteúdo programático das aulas que serão divididas em cinco módulos: Windows, Word, Excel, Power Point e Internet Explorer.

As duas primeiras aulas foram focadas na parte de funcionamento do sistema operacional bem como suas principais ferramentas do Windows. De acordo com o coordenador das aulas, Marcos Senna, a assimilação das meninas está além das expectativas nesse primeiro momento.

“Elas estão gostando bastante, conseguiram pegar de forma rápida o processo e daqui alguns dias já vamos aplicar uma prova para avaliar como elas se saíram neste primeiro módulo”, explicou.

Ainda de acordo com Senna, o curso tem a duração de três semanas com o conceito de iniciação e conteúdo básico, entretanto são conhecimentos fundamentais exigidos nos dias de hoje.

A perspectiva de preparação para o mercado de trabalho é o objetivo principal do projeto que, nesse primeiro momento, envolve meninas da faixa etária de 13 a 14 anos preste a completar a idade máxima de atendimento do Siminina.

“A ideia é oferecer condições a essas meninas que estão nos últimos anos de Siminina para quando saírem venha a ter mais oportunidades de empregos. Hoje qualquer área exige o mínimo de entendimento possível na área de informática, portanto nos sentimos na obrigação de oferecer isso para elas que, com certeza, será proveitoso no futuro”, frisou a primeira-dama Márcia Pinheiro.

Atualmente, o Siminina Jovem possui em torno de 60 meninas na faixa nos últimos dois anos, pois o programa atende crianças entre sete e 15 anos. Essa vertente do Siminina tradicional foi criado pela primeira-dama Márcia Pinheiro na qual os trabalhos para as meninas de 13 e 14 anos são voltados à capacitação profissional e cursos preparatórios.

Em 2017, 30 meninas foram certificadas após a conclusão do curso de Patchwork onde são ensinadas técnicas para confecção de bolsas, colchas, cobertores e outros produtos oriundos de retalhos de tecidos.

 

 

*assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *