São João é tema de tarde festiva do Cras Jardim Araçá

A ação faz parte do plano de atividades de interação proposto pela primeira-dama Márcia Pinheiro

A tarde desta quarta-feira(25) foi de muita alegria para os 68 assistidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) – entre idosos, crianças e adolescentes-, do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Jardim Araçá. Em clima das festividades de São João, os presentes dançaram, cantaram e deliciaram-se com as comidas típicas da época.

O “Arraia Araçá”, organizado pela dedicada equipe da unidade, contou com coloridas apresentações dos grupos das crianças e adolescentes do programa Siminina e Fortalecimento de Vínculos. Ao som das melodias do grupo Quinteto Violado e os Estrelinhas (local), a garotada dançou, em uma harmônica mistura da cultura cuiabana com as tradições do nordeste. Foi uma roda de Quadrilha com Siriri e Cururu daquelas de “frosrece” o sorriso da gente.

E quem estava iluminando todas as bandeirolas era a siminina Isabelly Silva dos Santos, de 11 anos. Vestida de moça “brejeira do interior”, a pequena festou com os demais, partilhando do momento das danças e cantos, e colocou em pratica o que aprende diariamente nas atividades desenvolvidas na unidade. “Eu gosto muito de festa, principalmente, quando posso compartilhá-las com meus colegas. Pois é isso que aprendo com as ‘tias’ daqui: a compartilhar sempre. Quando interajo, me sinto alegre. É como se o amor estivesse saindo de mim para eles e lá na minha casa também faço isso. É muito bom participar das atividades e dos eventos”, relatou Isabelly, que participa do programa há três anos.

A ação faz parte do plano de atividades de interação proposto pela primeira-dama Márcia Pinheiro, com o objetivo de proporcionar momentos agradáveis aos grupos assistidos pelo município, fazendo com que se sintam parte de uma família.

“É um momento simples, singelo, mas que representa muito para essas pessoas, que em sua maioria são oriundas de cenários de extrema vulnerabilidade social. Para nós, que convivemos diariamente com essas situações tristes de violências, sabemos o quanto esses encontros são importantes para o processo de reconstrução de cada um desses indivíduos e suas famílias. Diante disso, a primeira-dama – com seu olhar sensível, vem desempenhando um belo trabalho voltado às ações de interação. E no dia a dia, estamos observando melhoras significativas no comportamento de todos. Isso é muito gratificante para nós”, elucidou a coordenadora do Cras Jardim Araçá, Maria Aparecida Martins.

O Cras Jardim Araçá atende aproximadamente 400 pessoas por mês, levando os serviços assistenciais para 22 comunidades da região oeste da Capital. O funcionamento da unidade é de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h.

 

*assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *