Cadeirante é preso por tráfico de drogas em Várzea Grande

Em um dos casos, a droga estava escondida na cômoda e embaixo do colchão. No outro, embaixo de botijão de gás e enterrado no quintal.

Um cadeirante foi preso por tráfico de drogas no bairro Vila Arthur, em Várzea Grande, nesta segunda-feira (28.05). Ele estava na companhia de outros dois comparsas, que fugiram quando avistaram os policiais da 3ª Companhia do bairro São Mateus. O suspeito V.L.S. se jogou da cadeira de rodas para tentar resistir à prisão. Em sua casa foram encontrados apetrechos usados para embalar entorpecentes, além de um tablete com várias porções de maconha.

O portador de necessidades especiais confessou que comecializa drogas há algum tempo e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia.

Barra do Bugres

Policiais da Força Tática da 12º Companhia de Barra do Bugres prenderam, também na segunda-feira (28.05),  duas mulheres, uma de 23 e outra de 19 anos comercializando drogas em um bar da cidade, no bairro Maracanã. Meio tablete e sete porções de maconha e 15 porções e um pino de cocaína e duas balanças de precisão foram localizados no local. Os clientes presentes no estabelecimento foram revistados, mas não estavam com drogas.

Uma delas, T.C.C., de 23 anos é filha da dona do bar e foi flagrada com um pino de cocaína na mão. Ela vendia bebidas em companhia de S.P.S., 19, quando foram abordadas. As 15 porções de cocaína e 7 de maconha estavam embaixo de um botijão de gás. E enterrado no quintal, meio tablete de maconha. A terra estava remexida, o que leva a crer que tinha sido escondida a pouco tempo.

As suspeitas foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia, juntamente com a droga e outros materiais apreendidos, como duas pulseiras, um pingente, um anel e uma corrente dourados, uma TV Panasonic, dois rolos de plástico filme, usado para embalar a droga, as balanças e R$ 96,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *