Várzea grande imuniza 2.861 pessoas no primeiro dia de campanha

Desde o início deste ano, foram notificados 07 casos com suspeita de gripe influenza H1N1, dos quais quatro foram a óbito, sendo que dois não confirmaram a doença após os exames e dois estão em procedimento de investigação. Três ainda permanecem internados 

A Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande promoveu a imunização de 2.861 pessoas com a vacina contra a Gripe Influenza ou H1N1 no primeiro dia de campanha nacional. Dados preliminares de 13 unidades de saúde.

O relatório foi apresentado pelas Vigilâncias Epidemiológica e Sanitária ao secretário de Saúde, Diógenes Marcondes que considerou importante a disponibilidade das vacinas oferecidas pelo Ministério da Saúde.

“Estamos atentos e de prontidão quanto a todos os casos que supostamente são apontados como sendo da Gripe Influenza H1N1, pois a grande maioria acaba não se confirmando após os resultados dos exames laboratoriais que em média levam entre 20 e 30 dias para ficarem prontos. Os exames são feittos no Laboratório Central – Lacen”, disse o titular da Saúde Pública em Várzea Grande.

Ele lembrou que todas as unidades de saúde pública em Várzea Grande estão vacinando, a exceção do Hospital Pronto Socorro, Centro de Especialidades em Saúde – CES e a UPA IPASE que são unidades de retaguarda para o atendimento de pacientes.

“Em todas as demais unidades, o atendimento tem acontecido da forma prevista, inclusive nas cinco Policlínicas, Cristo Rei, Parque do Lago, Jardim Marajoara, Jardim Glória e 24 de Dezembro, uma sala específica foi destinada para a vacinação da Gripe Influenza H1N1, ficando a sala de vacina para as outras necessidades”, explicou Diógenes.

Segundo o Ministério da Saúde a vacinação contra a gripe é a forma mais eficiente para a redução do impacto da doença. De acordo com o Ministério da Saúde, a ação é uma resposta da Organização Mundial da Saúde (OMS) para controlar a circulação de amostras dos vírus. Segundo a pasta, a constante mudança dos vírus Influenza requer monitoramento global e frequente reformulação da vacina.

A vacina trivalente contra a gripe protege contra a Influenza A H1N1, Influenza A H3N2, e a Influenza B (subtipo Brisbane). A tetravalente protege, além dos três tipos de gripe da trivalente, contra o subtipo Phuket da Influenza B.

Devido a essa mutação dos vírus, é necessário se vacinar anualmente contra a Influenza. Grupos prioritários recebem gratuitamente a vacinação nos postos de saúde.

Estão indicadas para todas as pessoas, exceto para bebês com menos de 6 meses de idade. Dependendo do fabricante da vacina, um dos tipos da tetravalente só pode ser dado para crianças maiores de 3 anos de idade. A Trivalente pode ser dada para todos acima de 6 meses. Crianças de 6 meses a 1 ano tem que tomar duas doses com intervalo de 1 mês.

Segundo a Vigilância Epidemiológica de Várzea Grande as prioridades de vacinação ficaram definidas como:

– Crianças de 6 meses a menores de 5 anos; Gestantes; Puérperas, ou seja, mulheres que deram a luz (até 45 dias após o parto); Trabalhador de saúde; Povos indígenas; Indivíduos com 60 anos ou mais de idade; População privada de liberdade, o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas; Funcionários do sistema prisional; Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, que inclui pessoas com deficiências específicas, também devem se vacinar.

Os locais de vacinação em Várzea Grande e a quantidade de vacinas aplicadas foram:

Manga: 150 doses

Manaira: 120 doses

Guia: 279 doses

Capão Grande: 164 doses

Vila Artur: 250 doses

Água limpa: 258 doses

Ouro Verde: 210 doses

Souza Lima: 300 doses

São Mateus: 280 doses

Imperial: 260 doses

Marajoara: 90 doses

Cristo Rei: 200 doses

Jardim Glória: 300 doses

TOTAL: 2.861 doses

Dados: Desde o início deste ano, foram notificados 07 casos com suspeita de gripe influenza H1N1, dos quais quatro foram a óbito, sendo que dois não confirmaram a doença após os exames e dois estão em procedimento de investigação. Três ainda permanecem internados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *