Funeral é interrompido e corpo retirado de velório para fazer exame esquecidos pelo IML em MT

Rafael Medeiros Da Redação

Rosangela Sanches, de 47 anos, morta em um acidente de trânsito em Sinop, (a 503 km de Cuiabá), teve dois velórios nesta sexta-feira (13.04). O primeiro funeral foi interrompido por médicos do  Instituto Médico Legal (IML), e o corpo que estava sendo velado foi retirado para exames de necrópsia, que havia sido esquecido de ser feito.

A família, no entanto, não entendeu o que estava acontecendo. Rapidamente eles tiveram que mudar todo horário de sepultamento, para velar novamente a jovem.

A família de Ronsagela registrou um boletim de ocorrência por causa da situação. Após a confusão e o exame, o velório foi retomado e corpo enterrado durante a madrugada deste sábado (14.04).

O Acidente …

Rosangela estava em uma moto e colidiu com uma caminhonete. Ela teve ferimentos graves e levada para o Hospital Regional de Sinop. Ela passou por uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A direção da unidade hospitalar lamentou a situação e disse que deve tomar as providências necessárias para responsabilizar os envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *