TRADIÇÃO CUIABANA: Varejo amplia oferta de pescado; analise os preços

Rafael Medeiros Da Redação

Na Semana Santa a tradição católica predomina a Baixada Cuiabana, a demanda migra para as carnes brancas, principalmente peixes. Em Cuiabá, desde esta quinta-feira (29.03) as peixarias ampliam as opções para os consumidores.

Na preferência dos consumidores estão os peixes das espécies pintado, tambaqui ou tambatinga, pacu e tilápia.

A iniciativa varejista permite encontrar o produto a preços variados, como a cabeça do peixe que custa R$ 1,99 (kg) até o filé de salmão, cotado a R$ 64,90 (kg) em uma rede supermercadista da Capital.

Além dos supermercados, o movimento de clientes é intenso na Feira do Porto e nos pontos de venda do Peixe Santo, realizado pela prefeitura de Cuiabá. Trinta locais de venda foram instalados nesta quarta-feira (28.03) e seguem até sexta-feira na 27ª edição do projeto.

Com o Peixe Santo, a população pode adquirir o quilo do pintado a R$ 19. Há opções de peixes redondos como pacu e tambatinga ofertadas a R$ 12,50 (kg) com espinhas e limpo e sem espinhas, que custam R$ 14 (kg).

Outro peixe de água doce bastante procurado é o piraputanga, comercializado na feira por R$ 50 em volume de 3 unidades. São encontrados também piau e bagre. O bagre custa R$ 20 a cambada, já o piau vendemos 5 por R$ 25.

No supermercado, a posta de tambacu custa R$ 15,49 (kg), tambacu sem escama R$ 16,99, tambacu inteiro com espinha R$ 9,98 (kg), filé pintado R$ 32,90 (kg), pintado inteiro R$ 21,90 (kg), tucunaré inteiro R$ 23,98 (kg), filé de tilápia R$ 39,90 (kg) e piau inteiro R$ 11,98 (kg).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *