Dia Internacional Contra a Discriminação Racial é lembrado pela Câmara de Cuiabá

No dia 21 de março de 1960, em Joanesburgo, África do Sul uma multidão de civis, cerca de 20 mil, se manifestaram —pacificamente— contra uma medida do regime do ‘apartheid’ que obrigava aos negros portarem uma carteira para circularem em determinados lugares no país.

 

No entanto, o governo autoritário recepcionou com truculência e tiros os manifestantes, acarretando a morte de 69 pessoas, essa fato histórico motivo a Organização das Nações Unidas a estabelecer no 21 de março o Dia Internacional Contra a Discriminação Racial.

 

Nesse contexto, a Câmara de Cuiabá, instituição pública, representativa do povo, lembra a data e sua importância, sobretudo para a reflexão no sentido de construção de uma sociedade e de um ser humano pautados pelos ideais de solidariedade, respeito, tolerância, ética, entre outros princípios humanísticos, a fim de que fatos que motivaram essa data nunca mais ocorram.

 

“É preciso que a sociedade amadureça, não só nos aspectos humanos, mas também nos relacionados ao convívio sadio com o meio ambiente. Nós do Partido Verde sonhamos e buscamos, por meio de nossa atividade pública, trabalhar para suprimir todas e quaisquer formas de preconceitos, de discriminação ou ato atentatório a dignidade humana”, comentou Justino Malheiros, presidente do Parlamento municipal.

 

Fonte: Secretaria de Comunicação/Câmara Municipal de Cuiabá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *