Marido não aceita separação e presenteia mulher com tiros na cabeça em MT

Rafael Medeiros Da Redação

O ciúme causa a morte de mais uma mulher em Mato-Grosso, desta vez, foi morta a tiros, pelo próprio marido Nilde da Silva, de 35 anos. O assassinato ocorreu na madrugada desta quarta-feira (7), em uma casa localizada no centro do município de Pedra Preta.

O acusado pelo crime é o companheiro da vítima, Marcio Sandro de Souza, de 40 anos. Familiares relataram ao Jornal do Ônibus, que o casal estava passando por um momento de separação, mas que Marcio não aceitava a situação. A informação foi confirmada pela polícia.

Segundo o Boletim de ocorrência, Nilde brigou com o marido e foi dormir na casa de uma prima, horas depois o companheiro foi atrás, e lá conversaram e se intenderam. O casal começou a consumiram bebida alcoólica e acabaram dormindo juntos na varanda da casa.

Na madrugada o marido acordou enfurecido e matou a esposa com quatro tiros. Sem pensar duas vezes, ele levantou e bateu na porta do quarto da prima da vítima e disse que Nilde estava morta devido a uma bala perdida.

Em seguida o homem fugiu tomando rumo ignorado. A prima duvidou e chamou a polícia. No local foram encontradas ao lado do corpo quatro cápsulas deflagradas de pistola.  

Horas depois do crime, uma denuncia anônima informou que o suspeito estava escondido em uma casa no centro. Foi então que a polícia se deslocou para o local e prendeu o acusado.

Na residência foram localizados Marcio e a arma usada no crime. O caso segue em investigação. 

Essas informações constam nos Boletins de Ocorrência de Nº 2018.76483 e Nº 2018.76682.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *