Preso acusado de matar travesti no Zero KM

Da Redação

Acusado de atropelar e matar travesti no Zero Quilômetro é preso em casa, no Residencial Francisca Loureiro Borba, no bairro Osmar Cabral, em Cuiabá, na tarde desta terça-feira (3).

Apontado como autor do crime, Thiago Marques Tapajós, 28, foi reconhecido por duas testemunhas que estavam com a vítima, na hora do atropelamento, ocorrido por volta das 7h30 do dia 23 de junho, na região do “Zero Km”, em Várzea Grande. Thiago teve o mandado de prisão temporária (30 dias) cumprido pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), em investigação comandada pelo delegado Flávio Henrique Stringueta.
A vítima a travesti, Thiago Assunção da Costa Corrêa, 22, conhecida como Natália Pimentel, sofreu trauma de crânio e morreu depois de ficar três dias em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A investigação aponta que no dia dos fatos, a vítima e outra travesti estavam na rua a espera de clientes para programa sexual, quando foram abordadas por um homem em um veículo Volkswagem Gol, prata
A travesti não aceitou a proposta do suspeito e saiu do local, seguindo para outra esquina junto a sua colega. Neste momento o suspeito acelerou o carro e atropelou intencionalmente a vítima e em seguida fugiu.
A ocorrência foi inicialmente atendida pela Delegacia de Trânsito (Deletran), porém após ficar confirmada a intenção da vítima, o caso passou a ser investigado pela DHPP, que passou a trabalhar na identificação do suspeito. Durante os trabalhos, foram realizadas diversas diligências e interrogatórios de testemunhas que levaram a identificação das características físicas do autor do crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *